sábado, 22 de novembro de 2008

AQUELA NECESSIDADE

Faz-me uma certa (senão mesmo grande) confusão aquelas pessoas que têm uma necessidade enorme de agradar a outra sem que com isso tenham alguma recompensa, melhor dizendo, sem que do outro lado tenham algo em troca (antes pelo contrário).
Aquela necessidade de elogiar a outra a toda a hora, enaltecer tudo o que fazem, dizerem que tudo o que a outra faz é bem feito, que é fantástica, que é um espectáculo, que é o máximo!! E porquê? Se a maior parte das vezes o que levam é uma grande dose de indiferença, são rebaixadas até mais não e fazem um papel ridículo perante os outros, porque toda a gente percebe!
O que se ganha com isto? Que a outra fique com o ego lá em cima e se julgue a "única coca-cola do deserto" quando normalmente é um erro daqueles, são tudo menos alguma coisa de jeito...
Não é preciso tanto teatro, tanta fantasia!...
Dar sem receber é uma virtude, mas tudo o que é demais...

6 comentários:

Feeling good disse...

Quem é que te anda a lamber as botas??? Deve ser a graxista da Mlee

Cortes disse...

Graças a Deus, a mim ninguém! Não é a mim que me refiro ;)

Feeling good disse...

As inseguranças das pessoas têm as mais diversas manifestações e essa é uma delas.

Cortes disse...

É mesmo!!! Às vezes o que "custa" mais é vir de pessoas que julgas serem tudo menos inseguras! Daquelas que até se ofendem se lhes apontas alguma fragilidade!!

Mlee disse...

Céus o que para aqui vai ... mas que se passa???????
Cheguei a meio do filme ...
Arre que aquela ali em cima manda sempre para cima de mim ... eu tenho costas largas Pong ...

Cortes disse...

Mlee,

eu não sou de intrigas, mas...
Ahahah