terça-feira, 8 de maio de 2007

ENQUANTO DORMIAS (cont.)

Estou a ver a minha filha a dormir e estou a pensar que nunca seria capaz de a deixar aqui sozinha enquanto fosse almoçar ou jantar fora, mesmo que a viesse ver de 15 em 15 minutos... Tão pequenina, tão inocente e tão indefesa...

3 comentários:

mlee disse...

Absolutamente impensável ...
Eu sei que há coisas que neste momento valem pouco à luz da desgraça, mas francamente, o que é que passou pela cabeça daqueles pais?
Enfim ...

pips disse...

n a foram ver de 15 em 15 min...foram jantar as 8 a 1ª visita foi as 9 e a 2ª as 10...e ela ja la nao estava...nao percebo tambem...

Cortes disse...

Cada vez a acho mais uma história macabra...