domingo, 13 de maio de 2007

SANTO DO DIA

Nossa Senhora de Fátima

Neste dia, em 1917, realizou-se a primeira das seis aparições da Virgem aos privilegiados videntes Lúcia, Francisco e Jacinta.
Ontem à noite fui a Fátima, à procissão das velas. Brutal! Foi giro porque não estava para ir e de repente o meu irmão telefonou-me e foi qualquer do tipo "vou agora passar aí para irmos a Fátima!" Nem pensei duas vezes. Fui! Ainda por cima com o meu irmão Zé, que nem sequer é crente (ainda me tens de explicar esta tua súbita vontade de ir a Fátima...). Claro que fiquei super contente, não só de ir, como de ir com alguém de quem gosto tanto. Tem outro significado...
Houve quem me perguntasse "o que vais lá fazer? Ainda por cima a estas horas..." (eram 6h da tarde quando saímos). Tudo tem um propósito e o que tem de ser tem muita força. Para os mais cépticos, a nossa ida não foi de todo em vão, mais não seja porque a tia Lena precisava de boleia para Lisboa. Tudo tem uma razão de ser... Nada acontece por acaso. Eu acredito que foi Deus que nos chamou, alguém precisava de nós.
Para mim ir a Fátima é qualquer coisa de inexplicável, não sei dizer o que sinto ao certo, mas parece ser uma força de uma grandeza imensa que me consome por completo. É, sem dúvida, um local de forte concentração de energias. Sinto-me leve... agraciada por Deus.
Meio milhão, foi o número de pessoas que esteve ontem em Fátima. Impressionante! A fé é uma coisa incrível, capaz de mover tanta gente. Havia pessoas de todos os cantos do mundo.
Ver o santuário iluminado daquela maneira, com milhares e milhares de velinhas, deu-me força, senti a presença de Deus.
Nônô fiz o que me pediste... ;)

1 comentário:

mlee disse...

Obrigado cunhadinha.
Um beijinho grande